quinta-feira, 16 de abril de 2009

13/04 /2009-1o. dia na Grécia - Ilhas de Samos e Ikaria

Adeus Turquia – És linda e diferente –unforgettable ( e ainda baratinha...)

Kusadasi foi nosso último destino na Turquia. Tivemos que dorimir uma noite (fora do verão, estamos na Primavera, só tem um horário de ferry), mas valeu, é muito bonita e agradável. Fomos então ao encontro da Grécia. Ingenuamente, achávamos que poderíamos circular pelas ilhas gregas como bem quiséssemos: nã, nã, nã....tivemos que mudar completamente nosso itinerário e submetê-los aos horários pré-definidos dos ferries gregos. Creio que por causa da estação do ano deve ser mais escasso o transporte. Outro ledo engano: achávamos que uma era pertinho da outra: quem disse: 3 horas, 4 horas e Santorini é longe como o quê!. Enfim, chegamos à Samos (Há uma passagem na Bíblia que o Apóstolo Paulo chega a Samos uhuhuh) bem, diferente , água clarinha, transparente (o Mar Egeu é muito lindo!). descemos na ilha e descobrimos que teríamos que dormir, ou ir para Ikaria (era a única opção de transporte naquele dia) e de Ikaria pegar um ferry para Paros e de Paros então pegar outro para Mykonos. Resultado riscamos Mykonos de nosso mapa, pois dia dia 16 teríamos que pegar o avião em Atenas. Compramos passagens para Ikaria (o ferry sairia 13 horas) chegamos cedo pela manhã, ficamos então andando na ilha fomos ver a praia : amigo, você quer curtir praia? Fique no Brasil ou vá para o Caribe: tal qual minha amiga Sol, ou vá para Polynésia etc etc. Ou então venha para cá com seu Iate e aporte no meio do mar pois no lugar de areia temos pedras – bonitinhas- mas pedras. Quando existe areia é escura ou preta!. Enfim fomos comer um peixinho frito num bar que ficava numa escarpa em frente par ao mar (que dureza!) e depois zarpamos para Ikaria. Foram 3 horas terríveis. Dentro do barco cigarro (a parte não fumantes e do lado direito e a de fumantes do lado esquerdo de uma sala toda fechada, o que acham?, detalhe: todo fumavam o tempo todooooooooooo) Resultado comecei a enjoar e fui lá pra fora: um ventoooooooo. A essa altura Luis já botava os bofes para fora no banheiro – ele realmente é sensível a balanço de barco. Enquanto isso Rafa nem parecia que estava num barco! Deixo claro porém que este era um barco relativamente pequeno e bem baratinho (mais ou menos 10 euros por pessoa).

Finalmente chegamos à Ikaria: amamos. Ilha rústica, densidade demográfica baixíssima. Fica numa região "montanhosisisma". Descemos num porto chamado Kirkos e descobrimos que teríamos que no outro dia pegar o ferry no porto de Evdilos. Como fazer isso? Na Turquia as pessoa não nos entendiam mas o nosso alfabeto é igual ao deles, e aqui? Completamente diferente, são símbolos sem nenhum significado para nós. Ninguém (ou quase) fala inglês, muito pior que na Turquia. A gente perguntava algo o povo ficava com medo( e eu também ficava com medo rsrsrsrsrrs)Enfim, o ser humano tem mãos, sabe desenhar e assim sobrevivemos em Ikaria. Chegamos numa pensão a mulher chamou uma moça que falava inglês e chamou um motorista que nos levou para o outro lado da ilha (1 hora de carro) o motorista só faltava voar por estradas completamente íngremes na beira de precipícios de dar medo a cego. Cada paisagem de deixar estonteado o mais insensível dos seres humanos. Fazia frio, frio frio. O motorista nos levou a um homem que nos conseguiu 2 apartamentos para alugar (40 euros, sem falar grego Luis negociou para 35. Diferentemente dos turcos aqui eles não gostam de negociar nada e é tudo caro, euro meus caros!) e Rafael encantado pela ilha, até pensando em voltar rsrrsrsr. Jantamos num restaurante na beira do amr. Luis pedou um spagetti com camarão, Rafael pediu polvo e eu peixe. Gente, muito engraçado: o prato de Luís era lindo, camarões enormes com molho de tomate e spagetti enquanto o meu e de Rafa um pífio "braçinho " de polvo com arroz e o meu uma posta fininha de peixe com arroz (assim mesmo porque insistimos que colocasse arroz), imagine!. Mas foi legal, fomos dormir. Os apartamentos eram reformados, limpos, o único senão é que as portas ficam abertas. Tanto as janelas dos quartos não tinha tranca , quanto a porta principal da casa ficava aberta. Tudo bem que não tem violência, mas, imagine um brasileiro com a cabeça cheia de cenas de violência dormir com as portas todas abertas, mas o jeito, né? dormimos em paz.

7 comentários:

  1. Neide,
    Voce precisa gostar da Grecia.e praia igual as nossa "nao existe" bote isto na cabeca!!!!!!outra coisa, vce precisa ir para Santorini.vale a pena...alugue uma moto com luis e ande pela ilha ou fique na parte alta da cidade...nao compre hotel no cais, pois eles podem te mandar para qualquer lugar.....so' que e' longe como que!!!!!
    bjos para todos....to com saudades!!!!!!!
    Jane

    ResponderExcluir
  2. Ivaneide,
    Tenho acompanhado sua trajetória aí pela Turquia e agora pela Grécia. Tenho dado boas risadas com os seus comentários e as histórias que você conta de modo tão leve. Aquela do barco foi ótima...coitado do Luís, três horas de barco e enjoando não é fácil. Um abraço a todos.
    Aldemario

    ResponderExcluir
  3. Jeine,

    Acho que a Grécia deve ser maravilhosa, só que é uma viagem indepoendente.Meu erro foi querer aproveitar Turquia com Grécia. Nada a ver, entende? quanto a air à Santorini, imposible. Deixei puco tempo para a Grécia, coisa de principiante... é isso mama onegócio é aprender. Te amo, e me perdoe não falr tão bem da Grécia, lembra que você falou mal de Roma uma cidade que eu amo, bjs

    ResponderExcluir
  4. Aldemárioooooooo!!!!
    Poxa vida que legal!!!! nem creio q tem alguém da "Pós" me acompanhando: obrigada! fiquei super feliz, mesmo. Espero que minha experiência possa te ajudar a fazer esses caminhos com Cris. A Turquia prá mim é imperdível. Muitos beijos a todos! (obrigada pelo elogio, vindo de você, então?!?!?)

    ResponderExcluir
  5. Ivaneide,
    Em junho, farei viagem semelhante, porém, no sentido inverso (Grécia para a Turquia). Pelo que entendi, vc fez o trajeto kusadasi - Samos de ferry? Vc lembra frequencia diária, tempo de viagem e preço?
    Muito obrigado.

    ResponderExcluir
  6. Prezado, Sim, otrajeto foi esse.
    Junho já é praticamente verão, certametne deverá haver mais ferries. na primavera tinham opoucos horários. Tivemos que nos adaptar aos horários deles. Mas nas ilhas tem suporte de pousadas bem baratinhas. O interessante é ir comfolga de tempo pois as ilhas são distantes. geralmetne 4 a 5 horas umas das outras. Quanto aos ferries existem de todos preços. Veja nolink Custos de viagens(passagens). Qq coisa fique à vontade..


    Navio Kusadasi - Samos - 90 euros para 3
    Navio Samos Ikaria p/3 - 29,10
    Navio Ikaria Paros p/3 - 87 euros
    Navio Paros / Atenas - para 1 - 29 euros
    Taxi em Ikaria (você desce no porto deKirikos e pega ooutro navio no Evdilos) - 30 euros
    Navio Atenas para 2 - 58 euros

    ResponderExcluir
  7. Oi, Iva! Tava relendo aqui e pensando... será que vale a pena ir a Grécia sem ir nem a Atenas nem a Santorini? Acho que não, né? A Raynair lançou 3 vôos para pequenas ilhas gregas (tem vôo até de 10 euros) e, como seria uma viagem rápida, não daria pra perambular muito. O que você acha? Melhor esperar mais um pouco, juntar mais grana e ir logo conhecer a cereja do bolo? Bjkas!

    ResponderExcluir

Amigo: Se você achou o BLOG útil, se quiser mandar um alô ou informar algo, agradeço seu comentário: